Nem Tudo É Preto E Branco Em Astrologia

Quando começamos a estudar astrologia, aprendemos certos macetes que nos ajudam a lembrar conceitos dessa arte.

Esses macetes costumam ser simplistas e marcam o que entendemos por aspectos, casas astrológicas, signos e etc .




No entanto as vezes nos esquecemos que mapas natais são mais complexos do que aqueles conceitos simples que aprendemos.


Vamos citar alguns desses conceitos mais conhecidos e por quê interpretações “preto no branco” não funcionam com eles:


Trígonos são ótimos aspectos:
 

Já comentamos que aspectos em mapas astrais mostram nosso potencial, mas o que fazemos com ele é nossa escolha. Trígonos são um ótimo exemplo disso.

Esses aspectos benéficos são supostamente maravilhosos e indicam talentos em um mapa, ou seja, habilidades que são naturalmente fáceis para o nativo em questão.


Por essa razão trígonos têm fama de aspectos bons. Mas como nem tudo é tão simples quando o assunto é astrologia, esses aspectos benéficos podem causar certos problemas.


Que problemas? A facilidade que vem com os trígonos pode fazer com que o indivíduo que os possui fique preguiçoso, ele pode não se esforçar muito por que tal habilidade, situação ou coisa aparece fácil, fácil na vida dele.


Outros exemplos:


Aspectos difíceis (oposição, quadratura e  certos tipos de conjunções) são ruins.


Muitas vezes são os aspectos “ruins”do mapa que impulsionam o indivíduo a alcançar seus objetivos e o sucesso, já que sem esses tipos de aspectos o nativo ficaria preguiçoso enão correria atrás de seus sonhos.


Pessoas com poucos planetas localizados no hemisfério sul do mapa não costumam virar famosas.


Já debatemos essa idéia nesse post.


Alguns planetas são ótimos enquanto outros são ruins:


Há escolas de astrologia que apoiam e ensinam essa visão. No entanto acredito que assim como aspectos, planetas considerados “ruins” podem trazer coisas boas para a vidade um indivíduo, assim como um planeta considerado “bom”pode representar sua ruína.


Enfim, todos os exemplos citados acima nos mostram que é o indivíduo que escolhe como canalizar as energias do seu mapa e que às vezes coisas ruins acontecem por bons motivos e vice-versa.


Pense nisso antes de se assutar com interpretações astrológicas fatalistas ;)

4 comentários

angelica disse...

o que vc quer dizer com poucos planetas no hemisferio sul ???
quer dizerp pouca diversidade de planetas no hemisferio sul?

Melissa disse...

@ Angelica

Leia esse o post abaixo que você entenderá um pouco mais:

Os Hemisférios Astrológicos

sheila disse...

esse e o melhor blog sobre astrologia, que ate agora,voce sempre coisas diferentes com exemplos de famosos,na verdade melhor que muitos sites que so colocam poucas coisas.
ainda por cima voce sempre tem um bom nivel de comunicação com os leitores
VLW....

Melissa disse...

@ sheila

Não há de quê :) Obrigada por participar e seguir o blog.

abçs

Assine

Seguidores

Copyright © 2010-2016 Mapa Do Zodíaco.Todos Direitos Reservados: Proibida a Reprodução. Tecnologia do Blogger.

Pages

© Mapa do Zodíaco
site design por Maira Gall